Você está aqui:Home » Nutrição » Comer a todo instante ajuda você a se sentir bem

Comer a todo instante ajuda você a se sentir bem

Comer a todo instante ajuda você a se sentir bem
Share Button

Não, você não leu errado o título deste post. É fato comprovado por especialistas que o ser humano deve comer várias vezes durante o dia se quiser otimizar seu metabolismo e conquistar um corpo mais saudável. Fazer isso regularmente pode ajudar você a se sentir ainda melhor.

A idéia tradicional de comermos três vezes ao dia – café, almoço e jantar – não traz muitos benefícios para o nosso corpo. Como o intervalo entre as refeições é muito grande, acabamos ficando com muita fome e, na hora de comer, tentamos compensar isso “estocando” alimento no organismo para suprir o próximo período de escassez. Ocorre que a única forma que o corpo consegue acumular estoques de energia a longo prazo é em forma de gordura.

Além disso, comendo somente três vezes ao dia, os níveis de açúcar no sangue entre uma refeição e outra ficam muito baixos. Níveis de açúcar baixos no sangue tiram nossa concentração e nos deixam sem ânimo para fazer as coisas, além de nos deixar irritados mais facilmente.

Nutricionistas e especialistas da área concordam que, durante o dia, precisamos fazer seis refeições, com intervalos máximos de três horas entre cada uma delas. Alimentando-nos dessa forma, conseguimos manter os níveis de açúcar estáveis durante praticamente todo o dia. A quantidade maior de refeições também nos faz comer menos quantidade a cada refeição.

Em outras palavras, o corpo vai receber somente a energia que está precisando e metabolizá-la. Ao se acostumar a ser alimentado constantemente, o metabolismo não vai mais ter tanta necessidade de acumular gordura para os períodos de escassez.

Claro que somente comer seis vezes ao dia não vai resolver todos os problemas. É preciso comer também as quantidades certas, os alimentos certos e as combinações corretas. Seis Big Macs ao dia não ajudarão a nos sentirmos melhor.

Share Button

comentários (2)

Deixe um comentário para isabel

Voltar para o topo