Você está aqui:Home » Beleza » Conheça alguns mitos e verdades sobre as estrias.

Conheça alguns mitos e verdades sobre as estrias.

Share Button

Estrias: rompimento das fibras elásticas

Um dos fatores que causam um grande desânimo para a maioria das mulheres e, em número menore nor homens, é o aparecimento de estrias.

 

Todos sabem o enorme trabalho para fazer com que elas sumam. Aliás, todos sabem que, dificilmente, elas vão sumir completamente pois sempre resta um marca ou um sinalzinho na pele que mostra que ela, um dia, esteve ali.

O que dá mais resultado com as estrias é a prevenção: Cuidar da dieta e usar cremes e cosméticos adequados.

 

As estrias são cicatrizes causadas pela ruptura das fibras elásticas(elastina e o colágeno) da pele. Essas cicratrizes são marcas profundas que aparecem por alguns fatores e, em geral, levam algum tempo para aparecer dando oportunidade de tratamento adequado.
Para isso é preciso conhecer as causas e neutraliza-las, saber o que é mito e o que é verdade e conhecer os tratamentos existentes.

 

Marcas de estrias

Veja alguns desses itens:

Pele desidratada

A pele desidratada forma estrias com mais facilidade pois tem a a elasticidade diminuída. Isso favorece o rompimento das fibras e a formação das cicatrizes. Além disso, a pele desidratada realça as estriasa ao enrugar a pele deixando as marcas mais evidentes

Consumo de refrigerante

Há um mito de que refrigerante caus estrias. Na verdade, não há uma relação direta. O que ocorre é que ao propiciar o ganho de peso pela maior retenção de liquidos, a pele pode esticar e isso, causar estrias.

Cremes

Os cremes servem para prevenção. Para, de fato, combater as estrias é necessário buscar fórmulas com ácido retinoico ou glicólicopois esses compostos aceleram a renovação celular e aumentam a quantidade de fibras elásticas evitando,assim, o rompimento delas. Os cremes existentes no mercado agem mais na hidratação da pele.

Roupa muito apertada

Outro mito. Roupas apertadas não rompem as fibras elásticas da pele e, portanto, não têm relação com as estrias.

Engordar ou crescer

Quando uma pessoa engorda ou cresce muito rápido, a pele estica e rompe as fibras elásticas, provocando o aparecimento de estrias. Quando a pele é esticada além do que suas fibras suportam, surgem as estrias.

Gravidez

A gravidez é responsável pela distensão da pele em várias regiões do corpo como seios, barriga, quadris e coxas. Esse crescimento pode causar o rompimento das fibras da pele, formando as estriasPara evitar isso, é necessário controlar o peso e usar cremes de prevenção de estrias.

Tratamentos

O tratamentos não são capazes de eliminar as estrias. Depois de instaladas, o que se consegue é deixar as marcas menos visíveis. Fatores como a idade (quanto mais jovem a pele, maior a possibilidade de recuperação), a cor (peles claras são mais fáceis de tratar) e a disciplina (é necessário seguir as orientações profissionais) influenciam o resultado do tratamento.

Tipos de estrias

Estrias escuras ainda são novas e não concluiram o processo de rompimento das fibras elasticas da pele. As claras denunciam o fim do processo. Assim, o recomendado é iniciar o tratamento o quanto antes.

Tipos de tratamento

O peeling e a galvanopuntura são capazes de tratar estrias. Eles suavizam as marcas. Enqunto a galvanopuntura e o peeling físico ajudam a suavizar as estrias o peeling químico estimula produção de colágeno de forma acelerada e melhora o aspecto da pele na sua superfície. O peeling de cristal faz um processo mecânico que também provoca um estímulo de colágeno.

Dieta

Um dos principais responsáveis pelo aparecimento das estrias é o ganho acelerado de peso. Então, uma dieta balanceada e saudável pode controlar o crescimento da pele.

Share Button

comentários (15)

Deixe um comentário

Voltar para o topo