Você está aqui:Home » Atividade Física » Esteira ou pista: qual a melhor opção para o jogging?

Esteira ou pista: qual a melhor opção para o jogging?

Esteira ou pista: qual a melhor opção para o jogging?
Share Button

Especialistas na área de saúde são unânimes em afirmar que o jogging (ou cooper) – seja caminhando ou correndo – é um dos melhores exercícios para o corpo, por trabalhar não somente a parte muscular mas principalmente o sistema circulatório.

De fato, os benefícios da corrida são muitos. Além de fortalecer as pernas, você melhor sua capacidade respiratória, ativa o sistema circulatório e ainda queima calorias, podendo perder gordura.

Uma dúvida que ronda a cabeça de muita gente é sobre onde é melhor correr ou caminhar: em uma esteira própria para isso ou em pistas ao ar livre?

Há quem defenda tanto um como outro. Professores de educação física gostam da esteira pelo fato de ela “forçar” o praticante a manter uma velocidade constante. Muita gente também gosta de mensurar com exatidão quanto tempo correu, quantos quilômetros, qual a velocidade média etc.

Esteiras mais modernas possuem, inclusive, programas que alternam a velocidade sozinho, programam o tempo certo, medem os batimentos cardíacos e oferecem outras funcionalidades que auxiliam que está a praticar o exercício.

Por outro lado, a pista ao ar livre possui algumas vantagens inegáveis. O preparador físico Nuno Cobra, por exemplo, defende em seu livro A Semente da Vitória que a corrida deve ser praticada ao ar livre, de preferência em parques ou calçadões à beira-mar.

Segundo ele, a integração com a natureza é imprescindível para quem está buscando saúde, procurando se sentir bem. Além de você não estar correndo sem sair do lugar, na pista você está livre do ar viciado das academias, podendo encher os pulmões com ar fresco (embora poluído, infelizmente).

Como pode ser visto, cada opção tem suas vantagens e desvantagens. Cabe a cada pessoa colocar na balança o que mais importa para ela e optar por uma das duas. Ou quem sabe até ficar alternando: um dia vai de esteira, outro dia no parque. O importante é sempre se manter em movimento e, claro, não se esquecer de repor as energias com um bom programa nutricional.

Share Button
Voltar para o topo