Você está aqui:Home » Beleza » Manchas: causas, prevenção e tratamentos

Manchas: causas, prevenção e tratamentos

Share Button

Preocupação de muitas pessoas, as manchas de pele em locais visíveis, como o rosto e o colo tem causas e tratamentos distintos de acordo com o tipo e intensidade.

Pele sem manchas: Prevenção e Cuidados

Pele sem manchas: Prevenção e Cuidados

  • A pele do corpo humano tem diversas nuances de pigmentação.
  • A melanina é a responsável pela cor da pele.
  • As células que são responsáveis pela produção de pigmentos (melanina) quando, por algum motivo, passam a produzir de forma descontrolada, dão origem às manchas.

Então, podemos relacionar os principais causadores de manchas na pele:

Os raios solares

Sem dúvida, um dos principais causadores. A radiação UV atravessa a epiderme e estimula as células responsáveis pela pigmentação da pele (os melanócitos). Assim, alguns destes melanócitos começam a produzir exageradamente e de forma desregulada a melanina que, em acumulo, forma uma mancha que se torna visível.

Mudanças hormonais

O uso de pílulas contraceptivas ou o período de uma gravidez podem levar ao surgimento de manchas, pois provocam o funcionamento irregular das células.

O envelhecimento da pele.

A chamadas manchas senis aparecem com o passar dos anos. Normalmente nas regiões  (rosto, pescoço, mãos) ficaram mais expostas aos raios solares durante a vida(acima).

Substâncias fototóxicas.

Alguns perfumes, essências ou medicamentos usados, podem promover o aparecimento de manchas castanhas, que surgem como reacção da pele (e das suas células).

Lesões na pele.

A região com cicatrizes (queimaduras, lesões inflamatórias, como o acne), é mais propensa ao desenvolvimento de manchas hiperpigmentadas.

Para as atenuar e inibir as manchas temos que evitar os fatores causadores e, a bem que se diga, a prevenção é o melhor caminho pois não é tarefa fácil a eliminação de manchas quando essas estão instaladas.

Os filtros e bloqueadores são os melhores amigos nessa batalha. Devem ser usados diariamente, mesmo quando o sol não está presente. Deve, também, ser renovado a cada período de 2 a 3 horas.O protetor nunca deve ser menor que 30 para rosto, colo, pescoço e mãos (regiões da pele mais sensível) e deve ser de pelo meno 15 para o restante do corpo.

Se, entretanto, as manchas já estiverem presentes, o melhor a fazer é buscar ajuda profissional para a indicação de possíveis tratamentos.

Nessa área, há métodos e produtos cada vez mais sofisticados e eficazes no combate às manchas. Podem ser citados os peelings químicos o uso do laser e as soluções clareadoras  de ácidos vulcânicos provenientes da extração da lava sedimentada.

Share Button

comentários (14)

Deixe um comentário

Voltar para o topo